Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

babidibupi

Alegria. Amigos. Família. Faculdade. Livros. Música. Viagens. Amores. Futilidades. Desabafos. Tudo e mais alguma coisa. Babidibupi!

babidibupi

30
Ago13

A romântica que há em mim

Adora os livros da Meg Cabot. Acho que foi amor à primeira leitura quando tinha uns 12 ou 13 anos. E no entanto já não traduzem um livro dela para português há anos e muitos já saíram de circulação... Resta-me lê-los em inglês (ou espanhol) e reler as minhas relíquias já só possíveis de encontrar no OLX.

Há, entretanto também descobri que a autora também assina como Patricia Cabot!

 

29
Ago13

Dicionário Avó - Português

Os meus avós moram muito perto da fronteira com Espanha (mais propriamente a Galiza) e não pessoas de muitos estudos. A minha avó sempre trabalhou no campo e o meu avô foi imigrante mas sem aumentar a sua cultura nem alterar muito a linguagem. Por isso mesmo falam (eles e todos os vizinhos) um português rural que até eu por vezes tenho dificuldade em entender. Vou fazer uma lista com alguns exemplos:

 

  • Ele é afouto -  Significa que é muito disposto a..., e uma pessoa prestável
  • Maneia-te! - Despacha-te!
  • Mandil - Avental
  • Uma pasta de chocolate - Da primeira vez que disse isto aos meus amigos da faculdade eles não faziam ideia do que eu estava a falar. Nos entretantos, aprendi que no resto de Portugal uma paste de chocolate é uma tablete. 
  • Carabunha - Esta e outra palavra com a qual consigo por toa a gente a olhar para mim. Alguém sabe? Pronto eu digo: são os caroços da fruta!
  • Bofa - Hoje apetece-me mesmo dizer "Está uma bofa que não se aguenta!" ou seja, está muito abafado.
  • Arreda Cu - Acho esta expressão extremamente engraçada que significa marcha atrás.
  • Carantonha - Normalmente usado para dizer que uma pessoa é antipática.
  • Escaleiras - Geralmente designadas escadas
  • Eu cuido que... - Eu acho/penso que...
  • Outra coisa curiosa é a maneira como chamam as refeições. Não é pequeno-almoço, amalmoço e jantar. É café, jantar e ceia. O almoço é a merenda a meio da manhã.

Eu sei que algumas palavras fazem parte do dicionário mas não é normal usa-las no meu dia a dia. Uso mais depressa aquelas que não existem do que as outras. E existem mais que agora não me consigo lembrar, mas eu vou fazer por manter a lista atualizada.

22
Ago13

Regresso às aulas



O regresso às aulas trouxe a  de casa para mim e para o meu irmão. Missão que se revela quase impossível. Aliar o nosso orçamento mensal, na zona que eu queria e com um T1 em condições é mais difícil do que tirar o curso.
16
Ago13

Escândalo

Esta semana descobri que uma rapariga cá da terra, que até conheço mais ou menos bem andou dois anos a enganar toda a gente. Isto é, ela "estuda" fora, só que na realidade não estuda nada. A rotina dela era ver o Você na TV e a Fátinha de dia e sair com quem estivesse disponível à noite. Não sei bem como, conseguiu enganar até à bem pouco tempo as colegas de casa dela, as melhores amigas.

E agora eu pergunto: Como? Os meus pais não me controlam mas vão-me sempre perguntando como vão as coisas. O máximo que eu consigo esconder é uma nota má durante algum tempo mas depois começo a sentir-me mal comigo. Além de que são eles que pagam as propinas directamente... Já para não falar das consequências que ia sofrer depois deles descobrirem. Tenho a certeza que não tinha uma segunda oportunidade.

Eu pensava que essas coisas já não se faziam, que hoje em dia em dia  as pessoas são mais conscientes mas pelos vistos estava bastante enganada. Acima de tudo tenho pena dos pais dela que não sabem de nada nem desconfiam...

08
Ago13

What you know

"And I can tell just what you want
You don't want to be alone
You don't want to be alone
And I can't say it's what you know
But you've known it the whole time
Yeah, you've known it the whole time"

Não quero mesmo estar sozinha. Estou cansada de estar sozinha...
06
Ago13

Meu pequenino

 - É verdade, lembrei-me que hoje ainda não me deste um abraço!

 

É esta espontaneidade que adoro nas crianças. Quando eu penso que ele com 10 anos já não quer tantos miminhos engano-me. Ainda é o meu pequenino.

Pág. 1/2