Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

babidibupi

Alegria. Amigos. Família. Faculdade. Livros. Música. Viagens. Amores. Futilidades. Desabafos. Tudo e mais alguma coisa. Babidibupi!

babidibupi

21
Set16

Countdown

Um mês para os vinte e cinco. Um mês... E se eu nunca quero que este mês passe rápido, este ano quero mais ainda. Não estou a ver motivos para festejar. Sinto que estou exatamente na mesma posição que estava no ano passado. Não mudei um milímetro e tudo continua igual. Isto para não falar em todos os meus objetivos que o meu eu de 15 anos tinha estipulado... É um grande LOL aquela coisa de começar a ter família e já não acredito em empregos de sonho. Estou estagnada (era a palavra que me faltava!).

Já vos disse que não gosto de aniversários? Só dos meus.

20
Set16

Basicamente é isto

Vamos começar isto com a seguinte premissa: eu sou uma lontra preguiçosa! Mas gosto de yoga. Muito porque passamos metade da aula deitados no chão, descalços e por isso não há bolhas nos pés no fim (eu já vos disse que calço o n 42, não já? ). E depois há todo o meu fascínio a ver a professora a fazer aquilo. É espectacular! No fundo eu vou lá ver um espectáculo e tento reproduzir (em vão entenda-se). E é neste campo que entra a minha vertente engenheira. Eu estou na aula a visualizar diagramas de corpo livre e a calcular momentos e tensões dos exercícios! Acreditem ou não,  meus amigos, aquilo é mecânica  pura!

19
Set16

Já sobrevivi ao fim do mundo

Aliás, já  sobrevivi  a vários  fins do mundo. E todos  os fins do mundo foram igualmente maus. Desesperantes. Com direito a não  conseguir respirar e a noites e noites sem dormir. Uns fins do mundo são mais rápidos (diria quase instantâneos) do que outros que demoram eternidades e eternidades a  passar. Mas no fim de contas eu sobrevivo sempre. Sempre! E seja qual for o fim do mundo que eu esteja a passar, mesmo que eu jure a pés  juntos que já consigo ver o inferno, só tenho de me lembrar que eu vou sobreviver. 

06
Set16

Adeus Verão

A pior parte do fim Verão não é, desenganem-se, o fim das férias. Essas, para mim, já acabaram hà muito e neste altura já são só uma mera recordação. (E que recordação, mergulhar no mar quentinho do Algarve e ficar na praia até depois das 21...) A pior parte do fim de Verão é, para quem como eu anda na rua a partir das 6h30, a ausência de Sol. As saudades que eu já tenho de sair de casa de óculos de sol de manhã! Sim, acontece num determinado mês do ano. Agora é esperar que mude a hora é as manhãs frias e escuras de inverno.

04
Set16

Já decidi

Não quero ser mãe.

Setembro de 2012 rumo eu a Barcelona para o meu semestre de Erasmus. Tive muito medo antes de partir, verti umas lágrimas no aeroporto abraçada à minha mãe  mas uma vez no avião  não  voltei a olhar para trás e fui à descoberta. Fui à descoberta e foram nesses meses que eu cresci como ainda não  tinha crescido e aprendi a ser "eu" sem rodeios.

Setembro de 2016 o meu irmão ruma a Barcelona para o seu Semestre de Erasmus.  Ele que é homem mas que é muito diferente  de mim (eu sou mais destemida). Eu fiquei cá  mas com o coração  apertadinho. Ficar é sempre pior e eu tenho muito medo que ele não  se ambiente (ele demorou um ano inteirinho a começar a gostar do Porto).

Por isso já  me decidi: não  quero ser mãe.  Se o meu pobre coração sofre assim por um irmão  maior e vacinado, imaginem por uma cria minha!

01
Set16

Procedimentos

Hoje tive uma entrevista (mais outra, mas façam muitas figas para esta!) se bem que não é o que está em causa aqui. Aqui a questão é: apaixonei-me pelo recrutador! Nossa, não imaginam o esforço que eu fiz para me lembrar do nome da faculdade com aqueles dois "faróis verdes" postos em mim. Já para não falar de que era mais alto que eu (3 pontos para Gryffindor!!!) e tinha um aperto de mão muito firme. Adoro pessoas que têm um cumprimento firme!! E a minha dúvida agora é: espero que ele me dê uma resposta ou mando já uma mensagem para o número de telefone que ele tem na assinatura de email para marcarmos um jantar?!?!?

 

Nota à navegação: não se preocupem que não me vou armar em stalker! Isso aconteceria numa outra dimensão. Nesta dimensão fico muito contente se passar à próxima fase de seleção e fica por aqui está minha paixão platónica fugaz.