Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

babidibupi

Alegria. Amigos. Família. Faculdade. Livros. Música. Viagens. Amores. Futilidades. Desabafos. Tudo e mais alguma coisa. Babidibupi!

babidibupi

12
Jul13

Desilusão

Odeio desiludir-me com as pessoas. Faz-me ficar triste comigo própria por acreditar naquilo que não está lá. Hoje tenho mais uma desilusão para juntar à lista, é para ver se aprendo!

12
Jul13

Real World

Nesta época do ano eu sou uma colada no Gmail. Estou sempre a fazer F5, mesmo as 5h da manhã depois de ter feito às 2h e às 3h, para ser a primeira a receber o mail com as notas. Agora estou com um problema diferente. Fui a uma entrevista na segunda para um estágio de Verão, que eu queria muito. Eu fiquei com a ideia de que eles gostaram de mim e de que em principio me chamavam. Até agora o telemovel não tocou. Estou sempre a ver se tenho alguma chamada perdida o que é impossivel porque não o largo...

Quanto tempo demoram estas coisas?

12
Jul13

Outra vez!

Vou mudar de casa outra vez. Hoje é a para as arrumações e limpezas porque apesar de estar cá a morar só à uns meses tenho imensa tralha. Eu até gosto imenso deste quarto, apesar de ter que andar imenso para chegar à faculdade, mas o meu irmão vai juntar-se a mim no próximo ano por isso é supostamente mais fácil morarmos juntos. Já tenho pesadelos com ele a invadir a minha independência e a fazer queixinhas à minha mãe de todas as aulas que eu falto!

10
Jul13

Vacaciones

É amanhã! À hora de almoço já vou estar de férias. Uns dias sem fazer nada vai fazer milagres ao meu espírito. 

02
Jul13

Pré-adulta

Acho que com 21 anos estou a deixar definitivamente a adolescência. Ainda não me considero adulta e muito menos teen por isso devo estar numa espécie de puberdade da idade adulta que ninguém me avisou que teria. 

Quando era mais nova pensei que com esta idade já seria crescida, cheia de confiança e com resposta para tudo. Crescer eu cresci. Cresci talvez de mais e por isso é que em vez de respostas tenho ainda mais perguntas e a minha confiança é a mesma desde que tinha 13 anos e tudo o que queria era fechar-me no quarto. No entanto amadureci, pois percebi que vou ter sempre mais perguntas que respostas (e isso até é bom) e que toda a gente é um bocadinho insegura. Mas continuo a ter esperança de acordar um dia e sentir-me adulta (com a sensação que achava que teria quando tinha 5 anos) porque nunca devemos deixar de acreditar.

 

Pág. 2/2