Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

babidibupi

Alegria. Amigos. Família. Faculdade. Livros. Música. Viagens. Amores. Futilidades. Desabafos. Tudo e mais alguma coisa. Babidibupi!

babidibupi

30
Abr15

Verdadeiro ou falso?

Depois de já ter visto este desafio em alguns blogs decidi que também queria apresentar 10 factos sobre mim, 5 verdadeiros e 5 falsos, para ver se vocês conseguem adivinhar.

 

1. O meu nome é Margarida.

2. Tenho 1.80 metros.

3. Sou carinhosamente apelidada de dálmata pelos meus amigos por causa dos muitos sinais que tenho.

4. Não gosto de marisco.

5. Sou sobredotada.

6. O pais que eu mais gostei de visitar foi a Índia.

7. Sou a neta mais velha, tanto dos meus avós materno como dos meus avós paternos.

8. Sou uma transmontana orgulhosa. 

9. Tenho um afilhado com 12 anos que é o menino dos meus olhos

10. Adoro cantar e lá no fundo sonho viver da música.

 

Domingo (porque não vou andar por aqui antes) dou-vos as respostas.

30
Abr15

Vamos lá por os desafios em dia II

Da parte da Nathy ღ:

 

Regras do desafio:

- Responder às 11 perguntas;

- Indicar 11 blogs para responder à tag;

- Colocar o selo da Tag;

- Colocar o link de quem te indicou.

 

1. Qual o seu estilo de música preferido?

Não tenho. Gosto de ouvir de tudo e depende muito do lugar e do estado de espirito.

 

2. Que peça de roupa é a sua preferida do momento?

Gosto muito de vestidos fluidos...

 

3. Qual dos seus vernizes são mais divos?

Preto, verde escuro, vermelho.

  

 4. Shorts ou saia, e porquê?

Calções. Apesar de amar vestidos não gosto de me ver de saia...

 

5. Cabelo liso ou encaracolado?

Os meus caracoletos <3

 

6. Salto ou Sapatilha?

Ténis!! E a partir de agora estou probida de os calçar para trabalhar...

 

7. Brigadeiro ou sorvete?

Sorvete! em qualquer estação do ano.

 

8. Doce ou Salgado?

Doce, sou louca por coisas docinhas...

 

9.Como você define seu estilo?

É ali uma mistura entre o formal e o descontraido.

 

10. Você é do tipo de mulher consumista ou só compra o básico?

Eu sou uma forreta indecisa por isso a maior parte das vezes só compro o básico.

 

11. Você se considera vaidosa? 

Q.B.  

30
Abr15

Vamos lá por os desafios em dia I

Ora portanto, a Neurótika Webb e a Ana desafiaram-me a dizer a coisas que me dão nervos, sendo o numero de coisas o numero das minhas avós ( shiuuu, ninguém precisa de saber que era suposto ser a idade da minha avó...). Como tenho 2 avós as coisas que neste momento mais me enervam são:

1. A minha dor de garganta que não passa e tem que passar até segunda!

2. A pouca sensibilidade que tenho na boca neste momento por causa da mebocaína. Não sinto a língua, é quase como quando venho do dentista!

 

E neste momento é isto.

28
Abr15

Das ansiedades

Desde que me lembro que sempre fui uma pessoa nervosa e ansiosa. Acho que isto começou logo em bebé. Segundo a minha mãe, durante o meu primeiro ano passei as noites a chorar, não dormia nem por nada.

Quando cresci as coisas não foram melhorando, antes de entrar na escola morava com a minha avó e os meus pais iam lá passar o fim de semana. Lembro-me da aflição que sentia ao Domingo à tarde por antecipar a despida... Anos mais tarde tinha insónias crónicas, principalmente ao Domingo à noite, nunca percebi bem porquê. Todas as semanas ia bater à porta do quarto dos meus pais para lhe pedir que um dos dois viesse dormir comigo ou para me deixarem dormir com eles...

Quando fui para o sétimo ano calhei numa "daquelas" turmas...

 

 

 

PS: Tenho 654566 mil desafios pendentes, mas ando sem tempo... Vou tentar dar cabo deles até ao final da semana.

 

23
Abr15

Feliç Sant Jordi

 

Hoje é o dia de Sant Jordi. É uma espécie de dia dos namorados na Catalunha. Mas nada daquelas pirosices consumistas: a tradição é os homens oferecem uma rosa às namoradas, e elas oferecem-lhe um livro (uns sortudos eles!). E é com base nesta tradição que hoje é o dia mundial do livro.

E pensar nestas tradições catalãs leva-me de volta para Barcelona. E fico com o coração apertadinho de saudades, da cidade, do meus amigos de lá e de estarmos lá todos e de quando a nossa maior preocupação era quem ia comprar mais cerveja quando acabasse a que estamos a beber na praia...

 

 

21
Abr15

23 1/2

 

Não estou velha. Ainda tenho quase 70% dos 20's para aproveitar. Tenho é que os saber aproveitar bem...

 

19
Abr15

Revistas

 A Cristina Ferreira lançou uma revista. Eu ainda não comprei nenhum exemplar: não me despertou particular interesse ou curiosidade. Mas digo ainda porque me parece que a próxima vai ser interessante...

 

Sem Título.png

 

19
Abr15

5 boas razões para eu TER que arranjar um emprego

1. Eu sempre disse que se ganha-se o Euromilhões queria continuar a estudar/trabalhar porque eu conheço-me demasiado bem para saber que eu ficar em casa um tempo indeterminado leva-me ao fundo do poço. Nunca fui grande apreciadora das férias grandes quando era mais nova. Nos últimos anos já era diferente porque arranjava sempre alguma coisa gira para fazer, mas quando era pequena desesperava um bocadinho. E por já estar há dois meses em casa preciso mesmo de trabalhar. Já não suporto estar em casa.

 

2. Preciso de fazer dieta e em casa passo a vida a comer. Eu bem tento as caminhadas, o passar o dia a comer maçar, yoga a partir de vídeos do youtube, aqueles challenges de 30 dias que se encontram no Pinterest... Mas acabo sempre com uma tablete de chocolate ao lado. Com esta brincadeira já engordei uns quilitos e o verão está quase quase aí...

 

3. Há uma boa opção para os pontos anteriores: sair de casa. Mas sair de casa implica a maior parte das vezes money money... Apetecia-me ir às compras, mas sinto-me culpada por estar a gastar dinheiro. Apetecia-me comprar uma daquelas viajens baratuxas mas depois lá iria ter que viver de ar. Apetece-me ir tomar café com os meus amigos mas ou estão na outra ponta do país ou estão ocupados ou não podem...

 

4. Sinto-me uma inútil. Uma parasita da sociedade, e pior dos meus pais. Sinto que tenho a vida em ponto-morto, stand-by, estagnada... Preciso de independencia e de provar a mim mesma que sou capaz. Preciso 

 

5. Gosto de desafios, e neste momento o meu maior desafio que podia ter era começar a minha carreira. Eu quero ser competente, quero ter objetivos profissionais, quero mesmo trabalhar.

 

PS: Quando eu futuramente me queixar do trabalho, relembrem-me deste post sff.!

Pág. 1/4