Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

babidibupi

Alegria. Amigos. Família. Faculdade. Livros. Música. Viagens. Amores. Futilidades. Desabafos. Tudo e mais alguma coisa. Babidibupi!

babidibupi

26
Mar18

Coisas boas

Quando alguém vai de viagem lá no trabalho, tem que trazer chocolates! Não está escrito em nenhum lado mas sou eu que digo. Quando foi a minha vez fiz e acho que entretanto consegui pegar a moda. É todas as semanas tem ido alguém para fora e todas as semanas tem vindo muitos chocolates!!!

Esta semana voltaram mais uns colegas. Colegas esses que eu estive em parte a substituir nas últimas três semanas. E quando foram fazer a ronda deixaram-me meio pacote de miniaturas!! Para mim!! Eu que deixei de comer chocolate por causa da forma redonda que estou a adquirir. É eu fiquei toda contente, porque mais do que dos chocolates eu gosto é do gesto. Só traz quem quer, não é obrigação...

A meio da tarde eles chamam-me para uma uma reuniãozita... Eu já toda assustada a pensar no que é que tinha feito mal estas semanas... Mas foi só para fazer um resumo dos acontecimentos, tudo sobre controlo!!! E depois para terminar eles dizem que têm uma coisa para mim, em forma de agradecimento... Um chocolate com pintarolas! Só para mim! E é o chocolate mais bonito que eu vi em toda a minha vida. E eu fiquei mais derretida do que se tivesse aquecido o dito chocolate.

São estas pequenas coisas que acontecem sem sequer esperar que fazem a vida valer a pena. Hoje nem sequer me lembro das coisas menos boas, foi uma segunda-feira do caraças! 

22
Mar18

Timings

Não é que quando eu decido partilhar a minha... nem sei bem que palavra utilizar... Fraqueza(?) tenho um destaque ali no quiosque do lado, o da Joana! Até fico envergonhada pela quantidade de pessoas que se passaram por aqui com aquele "cartão de visitas"

Sou uma vergonha! 

21
Mar18

Ora bolas

Entrei no mundo do trabalho em 2015. Já são quase três anos a trabalhar maioritariamente com homens. De todas as idades, feitios, formas, personalidades. Alguns tornaram-se meus amigos, outros se calhar já nem me lembro do nome.

E agora pela primeira vez sinto-me atraída por um colega com quem trabalho diretamente várias horas por dia... Problemas? Tirando o facto de termos mais de 20 anos de diferença, de ele ter dois filhos e ser muito provavelmente casado (não tem aliança mas tem um "amor" no telemóvel ...) e ser o meu "mentor" vai para três meses, acho que mais nenhum...(utilizei ironia aqui!!)

Sinto-me uma adolescente com uma paixoneta pelo professor de matemática. Logo eu que sou tão racional e estas coisas não me costumam apanhar na curva... Vai na volta e é da lua. De certeza que é da lua! 

20
Mar18

New life motto

20180320_194541_0001.png

Porque hoje, ao que parece, é o dia mundial da felicidade. Porque hoje especialmente não andei propriamente feliz. Porque apesar de hoje ainda ser hoje, já estou a stressar com amanhã. E com o resto da semana. E os próximos três meses. E a vida toda. E porque de repente me cruzei com o post da Joana e o título fez todo o sentido. Roubei e adaptei. Vai ser o meu novo lema de vida!

 

12
Mar18

Alinhamento dos astros

Podia ser um romance de Hollywood. Vão os dois de fim de semana. Passaram a semana inteira a falar naquele momento. A acertar as pontas. Ela está no aeroporto. Nas chegadas. Sempre com um olho no relógio e à medida que o tempo passa fica mais impaciente. Ele vem a voar. Por motivos que o ultrapassam vai chegar ligeiramente mais cedo. Mas, ela ainda tem um avião para apanhar e decide acabar acabar a espera. Eles vão passar o fim de semana fora. Ele vem a casa e ela vai passear. Quando repararam na coincidência de estarem os dois no mesmo sítio à mesma hora, só queriam um abraço apertadinho. Não aconteceu. Por um milagre da natureza conseguem encontrar-se. Ele sai no preciso momento em que ela está a passar por aquela zona com o telemóvel na mão a dizer que ia andando. Vai até ele e há um cumprimento muito formal. Passaram uns três meses desde a última vez que se viram. E há aquela sensação de que estranheza apesar de falarem frequentemente. Está também à espera a mãe e irmã dele. Ela é imediatamente apresentada. Aproveita a desculpa de que tem a amiga à espera e foge muito mais depressa do que o necessário. Depois arrepende-se de fugir. Depois arrepende-se de ter sequer esperado por ele. 

Domingo ela volta. Na segunda ele vai. Tem apalavrado um jantar para a próxima. Com os amigos em comum.